Identidade Visual: Como Funciona, Elementos e Dicas

Entenda os elementos que fazem parte da Identidade Visual

Identidade visual, ou identidade visual de marca é, em resumo, o que torna possível qualquer pessoa ser capaz de reconhecer uma marca de maneira fácil e intuitiva.

Portanto, para que sua marca possa se distinguir, de maneira presencial e online, você precisa criar e até mesmo investir em identidade visual.

A identidade visual, em resumo, serve para dar consistência à experiência do cliente com a empresa, promover produtos e, claro, incentivar o consumo.

Dessa maneira, a identidade visual é muito útil como fator de diferenciação frente outras marcas e produtos que existem no mercado. Ela ajuda desde o reconhecimento da marca e de seus produtos, assim como trazer à tona os pontos fortes e vantagens perante os concorrentes.

Importância da Identidade Visual

De maneira prática, a identidade visual reúne elementos que vão desde os visuais, como por exemplo cor, layout, design, logo, até os textos, slogan e abstraindo ainda mais do significado de “visual” pode ser uma música, som e cheiro.

Um dos segredos de fazer marketing está em reunir esses elementos da identidade visual para compor um conjunto harmônico e impactante, transmitindo assim os pontos fortes do negócio e dos produtos.

Sendo assim, o estudo da identidade de marca faz parte do plano de marketing geral de um negócio.

Ou seja, a identidade de marca é um fator de sucesso para ajudar a alcançar objetivos de exposição, visibilidade, promoção, diferenciação e resultados em vendas.

Em resumo, identidade de marca é algo fundamental para a marca, do seu prestígio e da sua força, para conseguir atrair clientes e ter sucesso. Tanto nas vendas como na fidelização.

Tipos de Identidade Visual

Os pilares ou simplesmente elementos da identidade visual podem ser divididos em dois tipos: diretos e indiretos. 

Os elementos diretos da identidade visual transmitem informações simples de serem percebidas e interpretadas de maneira mais padrão e geral, por assim dizer, a todas as pessoas.

E os elementos indiretos da identidade visual, em conclusão, reúnem aqueles elementos que estimulam a emoção, empatia e até elementos enigmáticos e subliminares.

No começo da identidade visual, como técnica, muitas marcas exageram em trazer elementos ocultos, como informações subliminares, para tentar influenciar o desejo.

Hoje, essa prática é muito criticada e não muito mais usada.

Portanto, na hora de reunir elementos diretos e indiretos. É importante muito bom senso e pensar que a identidade visual precisa ser artística, porém sem perder seu lado técnico de transmitir a informação de maneira direta e clara.

Recordando, a identidade visual trabalha na esfera dos significados e da interpretação desses significados pelos clientes e também no plano emocional. 

Então, a base para você conseguir criar sua identidade visual é conhecer os principais elementos que você pode pensar, definir e claro finalmente usar como parte da sua identidade visual.

Os Elementos da Identidade Visual – A Lista

Primeiramente, entre os elementos que podem diretamente influenciar a definição dos elementos visuais da marca, está a missão de definir o nome de sua marca, juntamente com uma ideia da logomarca.

Vamos passar por todos esses elementos e entender a importância de cada um deles na criação da identidade visual da marca.

1. Nome

O nome de sua marca, como já dissemos, é o primeiro passo para a construção de sua identidade visual.

Se você já tem uma ideia do nome, você já tem uma boa parte do caminho andado. 

Agora, se você quiser um nome criativo, precisará de uma equipe especializada em criação de branding, que fará todo um processo para chegar a nomes ideais para a sua marca.

Afinal, o nome é o que vai diferenciar a marca quanto ao uso, marketing oral e também no aspecto de memória de marca, um importante ponto dependendo do segmento que a marca estiver inserida.

O nome, assim como também o ramo de atuação, são elementos essenciais para todas as outras etapas da criação da identidade visual e, portanto, darão parametrizações para eles.

A logo não é apenas o desenho, o símbolo. É um conjunto de elementos, como por exemplo, um padrão de cores que estão ligados à sua marca.

O site é um dos lugares onde você pode testar e promover sua marca, não só no visual, mas também usando de outros recursos como vídeo, imagens, infográficos e história.

Quanto ao logo a ser inserido no site, você pode testar de maneira fácil qual variação do logo incluir, caso tenha mais que uma versão. 

Mas, em se tratando do site ser o principal ou um dos principais locais para o marketing institucional, o ideal mesmo seria usar o logo primário nos principais locais, como por exemplo no cabeçalho.

Como sub elementos do Logo, podemos ainda imaginar a forma, cores e o próprio nome, assim como a união de significados, simbologias, aparências e até texturas.

identidade-visual-nike
Logo Nike mundialmente reconhecida | Imagem: Depositphotos

O logo é muito importante para muitos tipos de negócio, pois é o primeiro contato ou o fator visual que estará presente em quase todas as comunicações.

Ter um logo condizente com o que a empresa faz, com sua missão e valores, pode ser a base de qualquer marca que quer ter forte personalidade e diferenciação. 

Nem sempre os logos complexos e rebuscados são os melhores. É preciso estar atento a maneiras mais fáceis e simples de comunicar, principalmente se seu público for mais sofisticado e direto com a maneira de se relacionar.

3. Fonte

 A fonte, ou tipografia, é uma forte e simples maneira de reconhecer a marca. Certas empresas definem a fonte apenas no logo e deixam a fonte do site e outras artes visuais com liberdade de variar.

Mas o ideal, para se conseguir ter uma forte e impactante identidade de marca, é definir uma forte e principal identidade, sendo o padrão visual para escritas em todas, ou quase todas, as necessidades do negócio.

Sendo assim, a fonte é um dos elementos que precisa ter cuidado para não ganhar em beleza e perder em funcionalidade ou eficiência.

fonte-coca-cola
Assim como a Disney, a fonte da Coca-cola é reconhecida facilmente | Imagem: Depositphotos

Isso significa dizer que a fonte ideal precisa ser bem pensada para não correr o risco de, ao tentar usar uma fonte especial ou criada do zero, não traga problemas de uso. Ou seja, combinar palavras e letras que fiquem difíceis de ler.

Essa definição pode impactar e trazer reconhecimento do público e dos clientes, principalmente com o passar dos anos.

Podemos citar vários exemplos que não se alteraram com o passar dos anos e seguem reconhecidas, como por exemplo, a identidade visual de marcas como Coca-ColaDisney e McDonald’s.

4. Padrão de Cores

Toda identidade de marca não ficaria completa sem um padrão de cores que seja coerente, atrativo e que traga flexibilidade para ser usada em muitos locais e de diferentes formas.

Há toda uma psicologia das cores e criar a paleta de cores ideal também é uma especialidade ou habilidade à parte.

Alguns estudos realizados afirmam que as cores influenciam diretamente nos desejos, sentimentos e emoções.

Colocar a cor que você gosta, portanto, pode não ser uma boa estratégia para a sua marca.

Uma empresa que utiliza muito a Iconografia, e que identificamos rapidamente, pois utilizamos em nosso dia a dia, é o Google.

Com dezenas de produtos, que vão desde o próprio navegador e buscador de site, a ferramentas gratuitas e pagas, que impactam a vida de milhões de pessoas pelo mundo.

Os ícones aproximam clientes e consumidores para com a sua marca, e devem ser incluídos nessa lista dos principais elementos para a identidade visual de sua marca. 

cor-ifood
O Ifood possui a cor vermelha em sua Identidade Visual | Imagem: Depositphotos

Identificação Visual: Família Cromática

Família Cromática ou a família de cores indica as cores que serão usadas na comunicação e identificação visual da empresa e farão parte de sua identidade de marca.

Nesta fase, é necessário estudar a teoria das cores para entender o que cada uma delas representa e quais sentimentos ela causa. 

Dois livros muito importantes sobre este tema são: A Psicologia da Cores de Eva Heller e Psicodinâmica das Cores na Comunicação, dos autores Modesto Farina, Clotilde Pérez e Dorinho Bastos. Ambas obras abordam a relação das cores com a percepção humana e como elas nos afetam.

Observe, por exemplo, como o vermelho é usado por várias empresas na indústria de alimentos

Isso acontece porque, além de pensar em algo quente, como comida, essa cor funciona como um estimulante mental, causando um senso de urgência, como a necessidade de se alimentar.

As cores impactam fortemente na decisão de compra e saber aplicar em seus produtos e em sua marca, pode ser a diferença entre o sucesso no mercado.

5. Imagens, formas, ícones e elementos gráficos

Muitas marcas, em sua identidade visual, também acompanham formas, formatos e ícones gráficos, porque de acordo com seu estudo, elas ajudam na concepção da mensagem de marketing.

Certas marcas podem vir acompanhadas com coração, um foguete ou ainda uma caixa.

elemento-gráfico-logo-amazon
A Amazon possui uma seta em seu logo, que pode representar tanto a felicidade da compra como a rapidez na entrega | Imagem: Depositphotos

Você pode argumentar que esses ícones são parte do logo, mas não necessariamente.

Às vezes essas formas, ou itens gráficos, são parte de um acompanhamento para formar a identidade de marca visual, podendo ser planos de fundo ou desenhos extras.

Um excelente exemplo é o logo da Amazon, que acompanha uma “seta sorridente”, que remete a uma entrega rápida e a felicidade.

6. Slogan

Os slogans são complementos a marca ou às vezes diretamente usados com a logomarca, com o intuito de ampliar a proposta de valor e o diferencial.

A Skol era uma marca antes e virou outra bem mais poderosa quando lançou o slogan “Skol, a cerveja que desce redondo”.

Outro exemplo é o que a Nike fez com o “Just do it” – algo poderoso e determinante na expressão da marca.

redbull-slogan
Slogan da RedBull – Você leu ele “cantando”? | Imagem: Google Imagens

Assim como a Red Bull com “Reb Bull te dá asas” e diversos outros exemplos, só comprovam a importância do slogan em diversos cursos práticos em promoção ou simples divulgação da marca, afetando a atenção e a memória.

7. Embalagens e rótulos

Embalagem e rótulos são um dos principais canais de comunicação e identidade visual entre uma marca e o consumidor no momento da decisão de compra. 

Embora outras iniciativas de marca ajudem a construir a identidade visual e a imagem da empresa, sua funcionalidade é estimular os consumidores a procurar marcas nas lojas no momento da compra e, dessa forma, o rótulo passa a ser a única fonte de informação.

Portanto, é importante construir nesta comunicação e identidade visual, um rótulo atraente e informativo, que estimule a lealdade do consumidor. 

No entanto, antes de começar a pensar sobre a hierarquia de informações nele, é importante prestar atenção ao que a Agência Nacional de Supervisão da Saúde (Anvisa) determina que é obrigatório estar escrito no rótulo.

Dependendo do produto a ser comercializado, as informações que precisam estar nos rótulos podem mudar. No site da Anvisa é possível fazer essa consulta com exatidão.

8. Som e efeito sonoro

O que você acha do som do Netflix, o conhecido “Tudum”, que acompanha logo quando um trailer ou série vai começar?

O famoso “tudum” da Netflix

E também o “Plim Plim” da Rede Globo ou o som do seu software ou game preferido?

Segundo o especialista dinamarquês em neuromarketing, e autor de A Lógica do Consumo Martin Lindstrom “Uma marca tem de se transformar em uma experiência sensorial que vai além do que vemos”. 

Enfim, em um mundo cada vez mais audiovisual, as marcas vão além da visão. Por esse motivo, entendemos a cada dia a importância de explorar outros sentidos humanos.

9. Gosto, cheiro e aromas

Um aroma presente em uma loja, showroom e escritório. Cheiros presentes em novos produtos. Perfumes que usamos ou que são usados por alguém. Produtos com um sabor único.

Para se posicionar e diferenciar sua marca de forma eficaz e positiva, deve-se lembrar que, não somente os fatores de identidade visual devem ser os únicos fatores a serem usados ao entrar em contato com os clientes.

As sensações de gosto, cheiro e aromas também podem atuar como amplificadores de emoção e, se usadas corretamente, podem mudar completamente a interação do seu cliente com sua marca.

logo-olfativo-chanel
Impossível não olhar o logo da Chanel e não lembrar do famoso perfume Chanel Nº 5 | Imagem: Depositphotos

Estes itens compõem um fator muito importante para o marketing das empresas, também chamado de Marketing Olfativo, um assunto que já abordamos aqui no Blog da Alboom. 

CLIQUE AQUI para ler o artigo sobre Marketing Olfativo e veja como grandes marcas já usam dessa estratégia a tempos!

10. Experiência do cliente

Satisfação com o produto ou serviço, localização, atendimento no pré e na pós venda, conveniência e status, tudo isso reunido em uma expressão é o que chamamos de experiência do cliente.

O Customer Success vem sendo a melhor estratégia que as empresas podem usar para engajar todos os seus clientes usando a equipe de atendimento, marketing e vendas.

Afinal, os clientes cumprem um papel fundamental no crescimento das marcas. Por isso é tão importante que você veja como está a comunicação da empresa com o cliente. 

E, se você é uma marca pequena ou que está começando, não se assuste com termos em inglês, mas sim busque sempre, fazer o básico e muito bem feito.

A experiência do cliente pode ser um fator crucial para o sucesso de sua marca.

11. Missão, visão e valores

Missão, visão e valores: uma frase que tem um significado intenso e deve mostrar com profundidade para ser transparente sobre as aspirações, anseios e objetivos de uma empresa ou negócio.

Compreender sua missão, visão e valores fará uma transformação em como seus clientes verão e sentirão seu negócio em um mercado profissional que está se tornando cada dia mais competitivo e seletivo.

Uma empresa precisa entender conceitos relacionados à missão, visão e valores e aplicá-los ao seu negócio. Em seguida, com essas atitudes você pode tornar seu negócio mais desejável, diferente e mais valorizado do que todas as demais empresas, que a sua concorrência.

O Blog da Alboom criou um Artigo muito completo sobre Missão,Visão e Valores

CLIQUE AQUI para ler o artigo.

12. Comunicação e Linguagem

A comunicação e linguagem utilizada pelas empresas, têm um papel fundamental para se atingir maior conversão e vendas ao cliente final.

Afinal, existem outros fatores que influenciam a compra de produtos ou serviços. Como por exemplo, uma boa sensação ou sentimento, que é despertado no cliente, influenciando em uma realização pessoal. 

Ao criar uma identidade, as marcas se conectam com desejos e sentimentos com os clientes e isso cria novos negócios.

Dessa forma, o movimento de vendas, principalmente a online, deve ser transparente e de fácil entendimento para o cliente.

E, nesse sentido, um bom exemplo de comunicação facilitada nas vendas online, é o cliente conseguir realizar a compra clicando na imagem do produto desejado.

identidade-apple-maca
Não precisa estar escrito Apple para saber de qual produto é a Maçã | Imagem: Depositphotos

Já em uma venda presencial, investir no conhecimento de sua marca por parte da equipe, fará com que a equipe apresente o produto ou serviço com mais propriedade. O que gera uma confiança maior por parte do cliente.

Essas ações de comunicação com o cliente, com certeza, vão gerar mais conversão para o seu negócio.

É importante lembrar que, por mais que seu produto ou serviço seja excelente, nem sempre as pessoas conhecem. E é aí que entra a prova social, com depoimentos dos seus clientes, reafirmando a sua presença.

Com isso, você cria uma rede de seguidores que vão engajar o seu conteúdo e, eventualmente, comprar o seu produto ou contratar o seu serviço.

É claro que tudo isso não acontece da noite para o dia, e às vezes pode levar até mais tempo que o esperado. Mas faz parte do investimento da empresa para alcançar novos consumidores. 

E, por esse motivo, a comunicação e a linguagem utilizada influenciam fortemente o sucesso de uma empresa ou negócio.

13. Comportamento

O comportamento dos consumidores mudou significativamente nos últimos dois anos devido à pandemia do Covid-19.

Sendo assim, as marcas tiveram que evoluir, se adaptar e acompanhar essa mudança de consumo por parte de seus clientes. O desafio para as marcas é entender as mudanças e adaptar o trabalho, justamente para que ele permaneça relevante na vida de seus clientes, o seu público-alvo.

O comportamento do consumidor, nesse sentido, é um conjunto de todas as percepções, atitudes e razões que levam as pessoas a tomar uma decisão de compra.

Dominar todas essas informações é fundamental para trabalhar com marketing digital, pois corresponde ao conhecimento de cada etapa do cliente no processo de compras e suas motivações.

Além de precisar entender tudo sobre sua persona sendo mais assertivo, também precisa adequar o comportamento da empresa aos novos anseios e perspectivas dos consumidores.

Essa é uma evolução que começou e não tem prazo para terminar. Portanto, é preciso entender que não adianta lutar contra algo que só possa te beneficiar. 

Para novos empreendedores, que começaram a pouco e já tiveram que se inserir no mercado com um comportamento mais diversificado, pode ser até mais fácil. 

O x da questão está nos empresários e empreendedores antigos, por assim dizer, que ficaram perdidos com os novos moldes que o mercado vem traçando.

14. Consistência

Você reunindo todo o conjunto de elementos que falamos, conseguirá com certeza fazer uma incrível identidade visual e de marca.

Porém, para maximizar a identidade visual e de marca ao longo do tempo, trazendo forte diferencial, distinção e memória de marca, é preciso uma certa consistência, mantendo suas características, ao invés de mudar e mexer com frequência.

logos-produtos-adobe
A consistência dos logos dos produtos Adobe é um excelente exemplo | Imagem: Depositphotos

Mudar com frequência o padrão da identidade de marca é um sinal que algo deu errado e, de certa forma, o investimento feito foi perdido.

Para criar padrão de identidade visual e de marca é preciso tempo, ser fiel a suas definições e respeitá-las. Dessa forma, os clientes que usam e confiam na sua marca, perceberão cada vez mais o padrão estético e visual.

As vezes, só de manter o padrão por um tempo, certas cores ou efeitos se firmam e se tornam um forte diferencial da marca.

O que é meio feio ou duvidoso hoje, por assim dizer, pode ficar bonito amanhã. 

Não existem fórmulas ou segredos. Na prática, o marketing precisa de um tempo para ver se a solução é a correta.

O mesmo acontece com a identidade visual. É preciso deixar meses ou melhor anos para ter uma boa medida de avaliação.

Estilo Fotográfico ajuda na Identidade Visual

Um item também muito importante e que pode ser aplicado a maioria das empresas e negócios, está no estilo fotográfico, uma linha de imagens que represente a sua marca, seja no padrão de cores, seja no estilo de seus produtos ou mesmo na similaridade com o estilo de vida de seus clientes.

Essa identificação visual da marca através de imagens com um certo estilo e padrão, traz identificação com a marca e aproximação do público alvo almejado pelos empresários, independente do segmento e tamanho da empresa.

Pode ser aplicado desde pequenas empresas a grandes corporações.

Como exemplo dessa identificação das empresas com seu público alvo, podemos citar a empresa fabricante de câmeras de vídeo compacta, a GoPro.

A empresa investe em imagens de alto impacto ilustrando o estilo de vida de seus clientes.

Outras empresas que investem muito na comunicação visual com imagens é o Itaú, a empresa de telefonia OI e também a Internacional United Colors of Benetton, que sempre polemiza com fotografias de impacto em suas campanhas.

campanha-igualdade-benetton
Campanha Marcante de Igualdade Racial da Benetton | Fonte: UOL

Afinal, como aplicar na prática a Identidade Visual de uma marca?

A identidade visual de uma marca pode ser aplicada utilizando vários itens, seja no mundo online ou offline. Algumas dicas que funcionam e geram forte resultados com sua aplicação:

  • Site e Landing Pages;
  • Blog;
  • E-mails;
  • Peças promocionais;
  • Brindes;
  • Camisetas e uniformes;
  • Decoração do local do trabalho;
  • Cartão de visita;
  • Banners de comunicação interna e promocionais.

Como criar sua Identidade Visual?

Comece analisando aspectos mais gerais e intangíveis da sua marca. 

Não faz sentido fazer o melhor produto ou serviço em seu segmento, ter o melhor site na internet para que as pessoas possam realmente se lembrar e se conectar emocionalmente com sua empresa, sem ter sua identidade visual definida.

logo-pixar-luminaria
O logo da Pixar é icônico, pois você imaginou a Luminária entrando no lugar do “i” | Imagem: Depositphotos

Não há como criar a identidade visual de uma empresa sem grandes produtos. Mas boas marcas também precisam da ajuda de uma identidade visual bem planejada e bem produzida para alcançar o sucesso com seus clientes.

Quando você cria uma identidade visual, pense também em como isso afetará as pessoas. Como as pessoas, seus futuros clientes, poderão personalizá-lo. Construa esse relacionamento do zero.

Afinal, esta é uma ideia que deve mover todo o negócio. A decisão entre comprar de você ou de um concorrente pode depender muito do design do seu serviço.

Conclusão

Como construir uma identidade visual forte para sua marca?

Como pudemos analisar, a identidade visual, nos dias de hoje, vai muito além apenas do visual. É um conjunto de elementos que trabalham em conjunto para atingir um objetivo.

Sendo assim, concluímos que o primeiro passo para se chegar a uma boa identidade visual de marca é entender bem o público alvo.

É através de entender muito bem as características de consumo do seu público alvo, que todos os elementos da identidade visual de marca precisam ser formulados, definidos.

Então, conta para a gente aqui quais são os elementos que você acredita ser forte e quais você acredita que podem ser melhorados.

E se você gostou desse artigo Identidade Visual compartilhe com amigos e em suas redes sociais.

O Blog da Alboom publica semanalmente artigos com conteúdo de qualidade, que ajudam seu negócio ou empresa a chegar no próximo nível. 

A Equipe de Conteúdo da Alboom também recomenda a leitura

5 Melhores Sites para Montar sua Primeira Loja Virtual

Tempo é dinheiro: Como surgiu a frase “Time is money”

Landing Pages de Conversão

.fb-background-color {
background: !important;
}
.fb_iframe_widget_fluid_desktop iframe {
width: 100% !important;
}

The post Identidade Visual: Como Funciona, Elementos e Dicas appeared first on Blog da Alboom.

Publicado por ALBOOM CRIAR SITE GRÁTIS

Sobre Alboom Criar Site Grátis Sou Juliane Castro Almeida – representante da Alboom Criar Site Grátis Sobre a Alboom Criar Site Grátis A Alboom Criar Site Grátis é a melhor empresa de Criação de Site Grátis Profissionais no Brasil. Crie também seu Site Grátis para fotógrafos e para demais Profissionais Criativos. https://www.youtube.com/c/AlboomPro/featured Alboom Criar Site Grátis – Crie o Seu Site Grátis. Olá, sou a Juliane Castro Almeida, sou da cidade de Campinas – SP e há 5 anos aprendi a fotografar, e hoje atuo como free lancer na Empresa Alboom e também faço trabalhos de fotografia de casamento festas e eventos na cidade de Campinas e também em outras cidades de toda a região. Visite o site https://blog.alboompro.com . A Alboom Criar Site Grátis é uma plataforma de soluções com tudo que você precisa para criar um site grátis maravilhoso, acelerar a sua carreira e crescer mais rápido o seu negócio. Desde surgimento da Alboom em 2015, definimos que queríamos transformar a vida de milhões de profissionais. Com o Slogan: Acreditamos que todo grande sucesso começa com um site grátis incrível! A Alboom proporciona a você as ferramentas certas para melhorar todos os aspectos do seu negócio, do site e landing pages a ferramentas de vendas e produtividade. Site para Fotógrafos Grátis A Alboom Criar Site Grátis tem as melhores soluções para você também Criar Seu Site Grátis de maneira simples, fácil e prática. Comece agora mesmo e crie seu site grátis para profissionais, seja você um Fotógrafo Profissional, Decorador, Arquiteto, Engenheiro, Cabeleireiros, Videomaker ou mesmo outras profissões, em especial Criar Site Grátis a todos os Profissionais Criativos. Esta é a empresa que trabalho. A melhor empresa de site grátis do Brasil. Para saber mais sobre a Alboom Criar Site Grátis visite a pagina: https://blog.alboompro.com/sobre-a-alboom/ Conheça também nosso outros Canais de Comunicação: WEB OFICIAL YOUTUBE CANAL BLOGGER GRAVATAR Esta sou eu Juliane Castro Almeida – Representante de Vendas da Alboom Criar Site Grátis.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s

Create your website with WordPress.com
Iniciar
%d bloggers like this: